Aqui, todos começam a ser ventos...

sábado, 15 de janeiro de 2011

Insegurança...

     
        Pareciam pingos incessantes suas atitudes, pausadas, pensadas... Ela queria era pensar menos, mas ele a colocava constantemente no campo da reflexividade. Ela só queria levezas, sorrisos desmedidos, palavras impensadas. Mas andava pisando em ovos... Com ele, era involuntariamente calculista.






Escrito em 19/10/10

Um comentário:

Maurileni Moreira disse...

saudades de ter você por aqui!